Dicas para comprar peixes

Eu sempre achei difícil escolher os melhores peixes para comprar até que recebi algumas dicas. Numerei todas por uma simples questão de organização, então elas não estão em ordem de importância!


1- Temperatura do balcão da peixaria abaixo de 4 graus Celsius: Veja o número no medidor. Especialmente, em locais quentes, isso pode fazer muita diferença na qualidade do pescado

2- Submerso no gelo: Sabe quando você vê vários peixes em caixas de isopor/acrílico nos mercadões? Confira como os peixes estão. Eles devem ficar envolvidos por gelo para preservar melhor.

3- Olhos vivos: os olhos de peixes frescos e bem resfriados são brilhantes e salientes. Se estiver enrugado ou muito fosco, isso é um sinal ruim.

4- A pele deve estar sem manchas: Além disso, ela deve estar firme, úmida e bem aderida. Nada de peles manchadas, secas e gosmentas.

5- Escamas soltas? Errado. As escamas devem estar unidas entre si.

6- Brânquias com a cor branca é um sinal ruim: As brânquias devem ter a cor vermelha ou rosa, com brilho.

7- A carne do polvo e da lula devem estar com a carne elástica e consistente. (Esse eu achei difícil de ver, mas imagino que seja questão de prática)

8- Se feder, jogue fora. Regra máxima para frutos do mar. Se o alimento não está com um cheiro agradável, ou seja, está com um cheiro repugnante (fora do usual aroma), JOGUE FORA. Não adianta cozinhar, fritar ou assar. O alimento está impróprio para consumo.

9- Observe sempre as características do local em que você irá comprar os frutos do mar: Veja se não há esgotos próximos, areia, sabão, moscas, combustíveis... Qualquer coisa que possa tornar o alimento impróprio para consumo por contaminá-lo.


Comentários

Postagens mais visitadas